Archives

Viagens

Fim‑de‑semana no Alentejo!

Adoro aventura, novidades e experiências que nos obriguem a sair da zona de conforto, juntei a esta minha vontade outro ingrediente essencial para que a experiência pudesse ser completa: a companhia! Desafiei as minhas amigas Mariana Monteiro e Catarina Gouveia, marcamos uma data em que pudéssemos todas (não foi fácil) e lá fomos nós!
Queria que corresse tudo bem ou que fosse memorável pelo menos, desde o meio de transporte, à estadia, às refeições, às experiências… realmente aconteceu porque hoje em dia, há empresas como a Emotion, que podem proporcionar isso! Sendo assim aqui vai a estrutura do fim‑de‑semana:
Transporte:
Hyunday Tucson– é um carro que é a minha cara e ideal para este tipo de fim‑de‑semana! Design arrojado, confortável, dinâmico e seguro.
Alojamento:
Hotel São Lourenço do Barrocal (acreditem ou não, foi dos melhores hotéis que já estive, combinação perfeita de luxo e campo!)
Experiencias:
Balão de ar quente, (ver post aqui),
SUP (Stand Up Paddle) e só não fizemos wakeboard porque a meteorologia não deixou.
Restaurantes:
São Lourenço do Barrocal
Mercearia Gadanha

Dia 1

Eu não me conseguia conter de tanta felicidade mal fui buscar o carro, só queria estar com elas o mais rápido possível para poder partilhar todo aquele excitamento! Fiz questão de as apanhar em casa, estávamos felicíssimas e só acalmamos quando tivemos que nos deitar já no Alentejo!

A viagem até Reguengos de Monsaraz é um consolo para os olhos! Todos nós sabemos que o Alentejo é lindo, mas não sei se é por estar mais velha e dar outro valor às coisas, se nunca reparei e agora reparo, mas encheu-me a alma cada quilometro da viagem! Vale mesmo a pena o trajeto no seio de vinhas, carvalhos, planícies e oliveiras centenárias!

Chegamos ao hotel, e não queria acreditar, o hotel era ainda mais bonito do que nas fotografias… é dos hotéis mais perfeitos que vi até hoje, ou pelo menos tem tudo a ver comigo. Chama-se São Lourenço do Barrocal é um retiro rural num antigo monte alentejano rejuvenescido enquanto hotel de luxo despretensioso. “O primeiro aspecto que salta à vista é o sossego, a serenidade pontuada apenas pelo ocasional chilrear das aves ou pelo mugir da vaca Alentejana. É precisamente por este ambiente de paz e tranquilidade, por esta comunhão ininterrupta com a Natureza, que as pessoas procuram e regressam ao Barrocal.”

Dia 2

No dia a seguir acordamos as 7h e foi um dia preenchido até à uma da manha. Foi tão completo e emocionante que no fim do dia, parecia que o passeio de balão tinha sido há dois dias atras! (ver experiência do balão neste post)

Depois do balão, fomos fazer SUP na barragem do Alqueva, todas nós já tínhamos feito, mas nunca num rio, nunca numa paisagem tão perfeita, nunca naquela paz em que conseguimos exercitar e meditar ao mesmo tempo!

A seguir fomos lanchar ao castelo de Monsaraz, bem, que castelo! Porque é que nunca ninguém me tinha falado daquele castelo? Ou se falou porque nunca me ficou na memória? Assim que entrei nas muralhas, tive a mesma sensação quando visitei a ilha de Santorini com uma mistura de Óbidos! Cada canto um cenário digno de grandes fotos, para não falar da vista de 360 graus sobre toda a planície Alentejana. A partir de Monsaraz é possível contemplar São Lourenço do Barrocal, a escala da paisagem, e da herdade, torna-se clara e visível. Ocupa uma área de 780 hectares, pontuada por azinheiras e sobreiros, oliveiras, vinhas, e o cintilante lago de Alqueva.

Jantamos no restaurante do hotel, um conceito farm to table com produtos sazonais e biológicos provenientes das quintas locais. Estávamos nas nossas sete quintas!!

Dia 3

No dia a seguir o tempo já não era tão favorável a passeios de maneira que foi tomar o pequeno almoço e fazermo-nos à estrada em direcção a Estremoz. A Emotion aconselhou-nos o restaurante Mercearia Gadanha, paragem obrigatória, de facto tinha razão.
Comemos tão bem que a partir de agora, sempre que pensarmos em Estremoz vamos lembrar-nos deste restaurante. Quem viu os nossos stories no instagram desse almoço percebeu o quanto estávamos completamente rendidas ás especialidades deles! As sobremesas então, de cair para o lado!

Voltamos com o coração cheio e com a certeza de que queremos repetir! Espero pro ano podermos chamar a este fim‑de‑semana: 2º encontro de balão Up Alentejo!!
Foi de facto um fim de semana de amigas excepcional e vim de lá encantada, com as experiências, que o Alentejo pode proporcionar!

Vejam o story do meu instagram do dia 2:

No Comments